Arquivo do autor:Eduardo Mello

Relatos de Motocicleta (20) – Bandeiras de Babel

Havia, no ar, algo de belle époque, só que com mais convidados – principalmente na América do Sul. Prelúdio de mais uma crise sistêmica, sob a vertigem da banda larga, do recuo civilizatório, do impasse ambiental. Insinuada necessidade de uma … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Relatos de Motocicleta (17) – Ator Global

A visão retrospectiva costuma trazer novos pontos de vista. Havia discussão constante sobre a necessidade de o Rio Branco priorizar conteúdos práticos, que nos preparassem mais efetivamente para o início da carreira. Que nos apresentassem as grandes iniciativas de então, … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

“Brisas de Bissau” – lançamento

Caros amigos, Dia 1/11, às 15h, “lançamento” das “Brisas de Bissau” na Feira do Livro de Porto Alegre. Sei que não é possível, mas registro que seria uma honra poder contar com todo mundo lá, para agradecer pessoalmente pela companhia … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 8 Comentários

Relatos de Motocicleta (14) – Gestações

O trabalho do escritor é parecido com o dos pescadores árticos, diz Neruda. Requer paciência, para perfurar o gelo, e força, para suportar temperatura e crítica. Precisa desafiar o ridículo ao lançar o anzol e, depois de tanto esforço, obter … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Relatos de Motocicleta (13) – Emotivo e circular

“Professor, como vai? Estive em sua palestra no Rio Branco, na outra semana”. Ali estava o assessor internacional do Presidente Lula, em poltrona de corredor, no meio do avião que nos levaria de Porto Alegre para Brasília. Marco Aurélio Garcia … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

Relatos de Motocicleta (12) – De concessões e concisões

Estava repleto o Auditório do Rio Branco na tarde em que recebemos o Chanceler da Bolívia, David Choquehuanca. Homem de gestos singelos, que, meses antes, ao chegar ao Sauípe, avisou ao diplomata de ligação que gostaria de conhecer o complexo … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 7 Comentários

Relatos de Motocicleta (11) – Instantâneos

Para o Antonio As memórias do biógrafo não são as do poeta, diz Neruda: aquele vive menos, mas fotografa mais, traz a simplicidade dos detalhes; já o poeta ilumina “galerias de fantasmas sacudidos pelo fogo e pela sombra de sua … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 4 Comentários