Arquivo do autor:Thomaz Napoleão

Sobre Thomaz Napoleão

Diplomata, fotógrafo, professor, brasileiro. No Paquistão.

Índia e Paquistão: a fronteira da meia-noite

Na obra-prima do realismo fantástico indo-britânico, Os filhos da meia-noite, Salman Rushdie narra as desventuras telepáticas de um homem nascido no instante exato da independência indiana, no primeiro minuto de 15 de agosto de 1947. É um rebento de hindus … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | 5 Comentários

A liturgia da democracia

Bismillah ir-Rahman ir-Rahim! Islamabade, 5 de junho de 2013. Silenciosamente perfilados, duzentos ou trezentos luminares da vida política paquistanesa ocupam o salão nobre da Presidência da República. São ministros, generais, embaixadores, parlamentares, juízes, âncoras televisivos, agentes secretos, magnatas – e … Continuar lendo

Nota | Publicado em | Marcado com , , | 3 Comentários

Filhos da guerra. Órfãos de futuro.

Peço licença para um post monocromático. Na semana passada, voltei ao maior campo de refugiados e deslocados internos do Paquistão, chamado Jalozai, para acompanhar as atividades de várias organizações humanitárias que o Brasil ajuda a financiar. Como se lembrarão os … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | 14 Comentários

O outro Paquistão

Nestes tempos de instabilidade, intolerância e incompreensão entre crenças e culturas, retomo este espaço para contar a história de um Paquistão muito diferente daquele lamuriado pela imprensa ocidental. Refiro-me ao Norte. O Karakoram. As montanhas. Outras gentes, outros idiomas, outras … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | 17 Comentários

Vestígios (homenagem a Milena de Medeiros)

Infelizmente, não há apenas realizações e alegrias na vida dos jovens diplomatas. Milena Oliveira de Medeiros, música, poeta, fotógrafa, viajante intrépida, jovem diplomata, mulher de fibra e amiga querida, está internada em estado grave no Hospital Brasília. Milena contraiu malária … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 12 Comentários

O deserto dos navios

11 de março. Trigésimo dia. Nukus. Apokálypsis, de apo e kalumna, significa “retirar o véu”. Desvendar. Nossa viagem de hoje será apocalíptica, reveladora. Vamos visitar o mar que o homem destruiu. Acordamos o sol às quatro horas, pois são onze … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | 6 Comentários

Os brasileiros sem Brasil

A semana do Sete de Setembro é especial para qualquer Missão Diplomática do Brasil. As maiores Embaixadas e Consulados-Gerais exibem filmes, organizam concertos, promovem espetáculos de dança e apresentam exposições fotográficas ou de artes plásticas. Festejam, enfim, nosso patrimônio cultural … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | 10 Comentários